Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

18
abr
2017

MPF recorre da decisão que rejeitou denúncia de estupro na Casa da Morte durante ditadura no RJ.

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF/RJ) recorreu ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) contra a decisão de primeira instância que rejeitou denúncia contra o caseiro do local que ficou conhecido como “Casa da Morte”, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, durante a ditadura militar. O ex-sargento do exército Antonio Waneir Pinheiro Lima, o “Camarão”, foi acusado, no fim do ano passado, pelos crimes de estupro e sequestro da militante política Inês Etienne Romeu em 1971. O MPF/RJ divulgou nesta terça-feira (18) que “é inaceitável a argumentação utilizada na decisão (pelo magistrado)”.

Leia mais: Portal G1