Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

30
ago
2017

Notícia | Agente duplo diz não sentir culpa por entregar militantes à ditadura: ‘colaborei com o Estado’

Há quatro décadas, ele era um agente duplo que ajudou a ditadura militar a prender ou matar cerca de 200 pessoas –o cálculo foi feito por ele mesmo. Hoje, sem documentos (o cartório de sua cidade pegou fogo), exonerado da Marinha, José Anselmo dos Santos, o Cabo Anselmo, afirma não sentir culpa pelo que fez. Mais do que isso, diz que já foi “anistiado” por Deus.

Leia mais: Paraíba Online