Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

02
jul
2017

Notícia | Exército Brasileiro destruiu documentos sigilosos que podiam incriminar assassinos de Vladimir Herzog

A história do jornalista Vladimir Herzog, o Vlado, é icônica para entender os métodos adotados pelos militares durante a Ditadura Militar. Suspeito de manter ligação com o PCB (Partido Comunista Brasileiro) — que atuava ilegalmente na época, ele se apresentou ao DOI-CODI (Destacamento de Operações de Informação — Centro de Operações de Defesa Interna) espontaneamente na manhã do dia  25 de outubro de 1975, um sábado. Horas depois o SNI (Serviço Nacional de Informações) anunciou seu suicídio.

Leia mais: Portal R7