Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

03
set
2016

Nudez masculina que escandalizou Brasil vai ter imagens inéditas.

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

No final da década de 1980, ainda durante o regime militar, a fotógrafa Vânia Tôledo virou notícia mundial: até então, segundo publicações internacionais, não havia de homens fotografados despedidos num estilo natural, sem erotismo. Eles estavam radicalmente despedidos.
A coleção de imagens se transformou num livro chamado “Homens”, onde apareceram tanto famosos – Caetano, Ney Matogrosso, Ignácio Loyola Brandão – como anônimos. A fotos seria acompanhadas de entrevistas, mas foram censuradas pelo regime militar.
“Homens” vai voltar à vida, impulsionado por um dos maiores especialistas da fotografia brasileira, curador de inúmeras e relevantes exposições: Diógenes Moura. Ele vai mostrar por que esse livro, que agora virá das inéditas folhas de contatos, ainda é atual.

Leia mais: Catraca Livre