Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

23
set
2017

Notícia | Durante a ditadura, o Brasil invadiu um país

O golpe militar tinha pouco mais de um ano em 23 de maio de 1965. Os militares brasileiros, que contaram com apoio e financiamento norte-americano, tinham a primeira oportunidade de devolver o favor. Sob a presidência do marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, o Brasil enviou cerca de 1,3 mil militares para participar, ao lado de tropas dos EUA e de outros países, da invasão da República Dominicana, um pequeno país caribenho que divide a Ilha de Santo Domingo com o miserável Haiti e que em sua história foi governado por um dos mais sórdidos ditadores latino-americanos, Rafael Trujillo. Havia o temor de que o país se transformasse em “uma nova Cuba”. A República Dominicana, onde fica a capital mais antiga da América, Santo Domingo, é vizinha da ilha dos irmãos Castro. Além do Brasil, participaram da invasão, cujo objetivo oficial era “manter a ordem e proteger os estrangeiros”, outras ditaduras, o Paraguai (sob Alfredo Stroessner) e a Nicarágua (sob Anastácio Somoza), secundadas por soldados hondurenhos e policiais costa-riquenhos.

Leia mais: Aventuras na História

Leia mais notícias: Hoje na Imprensa